Conhecendo as opções binárias

Você tem um smartphone? Considerando que 57% do total da população brasileira tem um (fonte: EXAME), muito provavelmente você que está lendo esse texto também tem um. E assim como eu, eventualmente instala em seu smartphone algum aplicativo gratuito, os quais contém propagandas.

E foi assim que iniciou o meu interesse recente em me aprofundar mais no mundo do trading: Uma propaganda de uma corretora que prometia grandes ganhos operando no mercado financeiro de uma forma muito simples: Escolher se o preço iria subir ou cair.

E assim são as opções binárias: A corretora lhe apresenta uma interface na qual você é apresentado ao gráfico real do preço de um determinado ativo, (pares de moedas negociadas no mercado forex (Dólar, Euro, Yen, etc), criptomoedas, índices de bolsa e ações, etc), e com um simples clique você dirá se o preço do ativo irá subir ou cair. Se você estiver certo, você recebe um “prêmio”. Se estiver errado, perde o investimento.

Basicamente isso aqui (fonte: Iq Option)

No caso da imagem acima, a corretora está pagando 91% do valor investido em caso de acerto. Por exemplo, se você investir R$10,00 para o preço do ativo subir, e isso acontecer, você receberá R$ 19,10. Caso o preço do ativo caia, você perderá R$10,00.

Muito simples não?

Entretanto, o aumento ou decréscimo no preço do ativo deverá ocorrer em um determinado período de tempo: o seu “investimento” é que esse ativo subirá/descerá em quanto tempo? 5 minutos? 15 minutos? 2 horas? E então, a coisa começa a não ficar tão simples assim.

Assim foi o meu primeiro passo no mundo do trading. Comecei a pesquisar quais as corretoras que existiam de opções binárias e após escolher uma que achei interessante (esse é um tópico muito importante que irei explorar futuramente: como escolher a corretora), comecei a utilizar a conta demo e alguns dias depois fiz um pequeno depósito com dinheiro real para iniciar a operar, afinal, nada melhor do que aprender na prática como funciona o sistema.

E assim passei alguns dias nas operações binárias, sempre pesquisando o que é, como funciona, se vale a pena… Encontrei muito material bom e muita porcaria nessas busca.

E após alguns dias, realizando operações, que no total até o presente dia estão com um resultado negativo, consegui formar uma opinião sobre as opções binárias.

Minha experiência e conclusão

Pouco tempo após começar a utilizar as opções binárias uma pergunta começou a rondar a minha cabeça: Isso que estou fazendo é um trading de verdade? Estou realmente realizando transações com essas moedas?

E após algumas pesquisas descobri que resposta é bem simples: Não.

Nessas operações não existe a efetiva negociação dos ativos. Você não adquire um ativo e depois o vende. O que efetivamente acontece é que você firma um “contrato” com a corretora, no qual a corretora lhe pagará um “prêmio” caso o ativo se comporte na direção indicada por você. Você está simplesmente apostando no futuro do preço.

E ai é que percebi o primeiro “pulo do gato” das corretoras nas opções binárias: Superficialmente, seria uma aposta com 50% de chance de acerto, afinal estamos falando de escolher entre apenas 2 variáveis. E essa é a simplicidade vendida pelas corretoras.

Mas a realidade não é essa: Trata-se de uma aposta com muitas variáveis escondidas, sendo a principal delas o tempo. Afinal, a sua aposta deverá ser realizada em um período de tempo também definido por você, em geral, um valor de tempo entre 1 minuto e 24 horas, com um detalhe muito importante: você não poderá abandonar a operação antes do tempo sem que haja uma garantia de prejuízo.

Exemplo: Digamos que você apostou R$ 10,00 em uma subida do preço em um período de uma hora, e durante os primeiros 30 minutos tudo correu bem, e o preço subiu. Entretanto, após esses 30 minutos, o preço iniciou uma queda, e provavelmente irá para menos que o seu preço inicial. Se você parar a operação antes do prazo de 1 hora, você não perderá os R$ 10,00, mas uma parte desses R$ 10,00 (o que irá variar de uma corretora para outra). No mercado real, você poderia abandonar essa operação, que nesse caso seria a venda do ativo, e ainda sim ter um lucro, caso esse fechamento seja realizado a um preço maior que o inicial.

O outro “pulo do gato” das corretoras de operações binárias é em relação ao risco/recompensa. Dificilmente você irá encontrar uma corretora de operações binárias que pague um prêmio maior que 90% (em geral, o maior prêmio gira em torno de 80%, sendo sempre maior quanto maior for a volatilidade do ativo). O que na prática, significa que você sempre terá que acertar 60% a 70% das operações realizadas para obter lucro. No mercado real, seja ele forex ou bolsa, você pode ter uma taxa de acerto muito baixa, mas ainda assim, ter lucro.

Assim, após algumas semanas, a minha conclusão é que operar por opções binárias apresenta sim uma possibilidade de ganhos, e trata-se de operações de risco relativamente baixo, pois o seu investimento é sempre fixado no valor que você quiser por operação. Entretanto, o potencial de ganho também é muito baixo, pois esse nunca será maior que 80% por operação.

Nesses dias de operações binárias, outras questões interessantes surgiram, como a utilização de algumas estratégias, como o método Martingale, que futuramente estarei falando sobre nos próximos posts.

Mas no fim das contas, esse não é o tipo de operação de trade no mercado financeiro que me interessa, mas foi um importante passo para abrir as portas no meu caminho nessa jornada, e com certeza é uma forma de operar que tem crescido muito, principalmente devido à sua facilidade de acesso, e com certeza será um assunto futuro por aqui.

Abraços!

%d blogueiros gostam disto: